Notícias

UNE protesta contra estudantes universitários golpistas da Venezuela

Cerca de 150 estudantes da UNE (União Nacional dos Estudantes que Não Estudam) realizaram nesta sexta-feira uma série de protestos contra as revoltas estudantis golpistas organizadas por universitários coxinhas venezuelanos. A presidente da entidade pediu o fim das hostilidades reacionárias contra a Revolução Socialista Bolivariana e divulgou uma declaração de total apoio à Guarda Nacional Bolivariana, que sofre com a escassez de munição e bombas de gás lacrimogêneo.

“A brutal repressão promovida pelo governo revolucionário é uma medida democrática que garante a pluralidade de apoio à revolução bolivariana. Alguns policiais bolivarianos estão com L.E.R nas mãos e não podem mais apertar os gatilhos, somente arremessar granadas. A situação está crítica: há uma escassez generalizada de munições e bombas. Os extremistas de direita reagem como se o tema das liberdades individuais fosse sagrado. Apoiamos integralmente o conteúdo da nova Constituição da República Bolivariana da Venezuela”, disse a presidente da UNE.

Guarda Nacional Bolivariana

“A batalha pela Venezuela é a batalha pelo continente e pelo mundo. O triunfo das forças revolucionárias na Venezuela representa o triunfo de todas as forças de esquerda no mundo inteiro e em especial, na América Latina e no Caribe. O movimento estudantil revolucionário e progressista latino-americano e mundial tem como prioridade a defesa da Revolução Bolivariana até as últimas consequências”, disse um dos organizadores do protesto.

Depois de protestar por quase uma hora contra a decisão fascista do Mercosul que suspendeu os direitos políticos da Venezuela, os estudantes ratificaram sua solidariedade com a Revolução Comunista Cubana e demandaram o fim do bloqueio imperialista estadunidense. Exigiram também a mais rigorosa punição para os membros da família Ramírez, que ousaram protestar contra o regime cubano no último mês.

Os estudantes utilizaram uma grande faixa vermelha nos protestos, com os dizeres: “O lugar dos estudantes é na Revolução! Só a luta de classes salva! Socialismo ou Morte!”.

Emannuel Goldstein
Nas redes...

Emannuel Goldstein

O renegado Emmanuel Goldstein é um personagem fictício que vive na clandestinidade. É o arqui-inimigo do Grande Irmão e adepto da Contra-revolução Permanente. Aqui tudo é pura ficção, sátira e humor sem graça. Semelhanças com a realidade são frutos do mero acaso.
Emannuel Goldstein
Nas redes...

"É intolerável para nós a existência, em qualquer parte do mundo, de um pensamento incorreto, por mais secreto e impotente que seja." (O'Brien)

"O Partido deseja o poder exclusivamente em benefício próprio. Não estamos interessados no bem dos outros; só nos interessa o poder em si. Nem riqueza, nem luxo, nem vida longa, nem felicidade: só o poder pelo poder, poder puro." (O'Brien)

"Não se estabelece uma ditadura para proteger uma revolução. Faz-se a revolução para instalar a ditadura. O objetivo da perseguição é a perseguição. O objetivo da tortura é a tortura. O objetivo do poder é o poder." (O'Brien)

"Quanto mais poderoso for o Partido, menos tolerante será. Quanto mais fraca a oposição, tanto mais severo será o despotismo." (O'Brien)

"Se você quer formar uma imagem do futuro, imagine uma bota pisoteando um rosto humano — para sempre." (O'Brien)

"TODOS OS ANIMAIS SÃO IGUAIS MAS ALGUNS ANIMAIS SÃO MAIS IGUAIS DO QUE OS OUTROS. (George Orwell, A Revolução dos Bichos)

comunistascaricatos.com.br - Ficção, Sátira e Contra-revolução Permanente

To Top