Estávamos reunidos na ocupação da USP e, enquanto isso, formulávamos democraticamente um novo manifesto, o Manifesto do Partido Mais Comunista.