Dilma e Kirchner, divulgaram um comunicado sobre as fortes suspeitas de que existe um agente da CIA infiltrado na equipe de maquiagem.