O aumento dos impostos como instrumento de Justiça Social

impostosÉ um fato inegável que nos últimos 13 anos tivemos avanços incríveis no Brasil. Um exemplo disso são as 15 milhões de pessoas recebem o Bolsa Voto Bolsa Família.

No entanto, nós sabemos que o governo poderia fazer muito mais pela população. O único problema é a falta de dinheiro. Infelizmente o governo não possui dinheiro suficiente para investir nas áreas de segurança, saúde, educação, moradia, alimentação, transporte, esportes, cultura, etc, etc, etc, etc.

Logo, podemos concluir que, para que o governo possa fornecer serviços gratuitos e de qualidade à população, será preciso aumentar a carga tributária (historicamente baixa em nosso país quando comparada com os países realmente socialistas).

Sendo assim, o governo federal brasileiro deveria tomar as seguintes medidas progressistas para resolver o problema da falta de dinheiro nos cofres públicos:

1 – Aumento do imposto de renda para 70% (para todos indistintamente).
2 – Aumentar em 50% a alíquota de todos os outros impostos.
3 – Criação de um novo Imposto sobre o Consumo de Oxigênio por Mitocôndria (ICOM = Nº Mitocôndrias x Consumo O2 x Nº Células por pessoa x Nº de pessoas por família)
4 – Propaganda massiva contra a impostofobia (pessoas egoístas e individualistas que não gostam de pagar impostos devem ser ridicularizadas em praça pública).
5 – Criminalização dos movimentos anti-imposto (estatização e desativação do famigerado “impostômetro”).
6 – Cursos obrigatórios de reeducação para impostofóbicos.
7 – Construção de cadeias exclusivas para os impostofóbicos incuráveis.

Acredito que com essas simples medidas progressistas a Justiça Social seria facilmente implantada em nosso País.

Siga Comunistas Caricatos no Facebook, kamarada!

FECHAR